.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10


O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qui 20 Jun 2019, 8:26 pm



Filho suspeita do envolvimento da deputada Flordelis e de três irmãs na morte de pastor


Jovem contou em depoimento à Polícia Civil que a mãe e as irmãs colocavam remédio na comida do pai, Anderson do Carmo, o que teria causado problemas de saúde. Ele disse também que uma delas ofereceu R$ 10 mil para que o irmão Lucas, preso pela morte do pastor, cometesse o crime.

Um dos filhos da deputada Flordelis contou nesta quinta-feira (20) à Polícia Civil que suspeita do envolvimento da mãe e de três irmãs na morte do pai, o pastor Anderson Carmo, morto a tiros no último domingo. Segundo o jovem, uma delas ofereceu R$ 10 mil ao irmão Lucas dos Santos para matar o pastor.

O rapaz, que não teve a identidade revelada, disse que a mãe e três irmãs colocavam remédio na comida do pai e que isso seria a causa de seus problemas de saúde. Ele contou também que Anderson mostrou uma ameaça de morte que tinha recebido em fevereiro.

O jovem afirmou ainda que o irmão Lucas recebeu proposta de R$ 10 mil de uma das irmãs para matar Anderson.

No depoimento, o filho disse que não houve barulho, confusão e nem moto em fuga no momento da morte. Ele afirmou que viu o irmão Flávio, que confessou ter dado seis tiros no pai, ao lado do corpo ensanguentado, recolhendo uma mochila de couro e o telefone celular do pastor. O aparelho foi entregue para a mãe Flordelis, segundo o depoimento.

Os policiais ainda não encontraram os celulares de Flordelis, do pastor e de Flavio. Também não acharam a mochila.

Ele descreveu o comportamento desesperado dos parentes no velório como "teatro".

Nesta quinta-feira (20), a Justiça do Rio de Janeiro aceitou o pedido da Polícia Civil e determinou a prisão temporária de Lucas e Flávio. O pedido foi feito ao Judiciário após os investigadores realizarem uma acareação entre Flávio e Lucas.

A reportagem entrou em contato com a assessoria da deputada Flordelis, mas ainda não obteve resposta

fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/06/20/filho-suspeita-do-envolvimento-da-deputada-flordelis-e-de-tres-irmas-na-morte-de-pastor-diz-policia.ghtml
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qui 20 Jun 2019, 8:28 pm



[size=44]Marido da deputada Flordelis é executado dentro de casa em Niterói[/size]

Segundo informações, o pastor Anderson Carmo foi executado com pelo menos 15 tiros após casal chegar na residência em Pendotiba. Flordelis foi a deputada federal mais votada no estado e marido planejava lançá-la como candidata a prefeita de São Gonçalo


Rio - O marido da deputada federal Flordelis dos Santos Souza (PSD) foi assassinado a tiros dentro de casa, na madrugada deste domingo, em Pendotiba, em Niterói, Região Metropolitana do Rio. Segundo informações, o pastor Anderson do Carmo de Souza, de 42 anos, foi executado com pelo menos 15 tiros minutos depois de chegarem na residência.

Segundo fontes da Polícia Civil, a parlamentar estava ao lado do marido no momento da execução. Ele chegou a ser socorrido pelos familiares para o Hospital Niterói D'Or, no bairro Santa Rosa, mas não resistiu aos ferimentos e já deu entrada morto na unidade particular. A deputada está em casa em choque, a base de remédios.


Os familiares falaram à polícia que eles voltavam de uma confraternização no bairro São Francisco a deputada teve a sensação de estar sendo seguida por duas motos. Quando já estavam em casa, o marido foi até a garagem buscar algo que havia esquecido no carro. Neste momento, ele foi executado pelos criminosos, que usavam touca ninja. O veículo da família, um Honda Accord LX, também foi atingido pelos disparos e o cachorro da da família foi dopado pelos atiradores. 



Ao DIA, um amigo da família contou que Anderson e Flordelis haviam acabado de chegar de uma confraternização em São Francisco, também na Região Oceânica, quando três criminosos invadiram a casa. "O Daniel (um dos filhos) disse que ouviu os primeiros quatro primeiros tiros e logo em seguida a rajada", lembrou o homem, que acrescenta que o crime aconteceu por volta de 3h30.
"(Os tiros) foram fortes. Moro na primeira casa e estava dormindo. Acordei, pouco depois das 3h30, com uma rajada e logo em seguida mais de 10 tiros. Em seguida, começamos a escutar uma gritaria. Não sei exatamente o que aconteceu. Só escutei a sequência de tiros", lembra o geólogo Cláudio Reis, vizinho da casa da parlamentar. "Aqui é muito tranquilo e o silêncio da madrugada foi interrompido com essa rajada. Eu tinha e não tenho relações de proximidade com eles, só nós víamos quando encontrávamos na rua. Ficamos assustado com o que aconteceu", completou Reis.
A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) foi até a casa e realizou a perícia. O caso será investigado pela especializada. O delegado Antônio Ricardo Nunes, diretor do Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa (DGHPP), afirmou ao DIA que equipes do Grupo Especial de Local de Crime (Gelc) estão nas ruas buscando imagens e testemunhas. 
Deputada Federal e filhos prestam depoimento
Na manhã deste domingo três filhos do pastor prestaram depoimento na Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI). Entre eles, Daniel, o que socorreu o pai para o hospital ainda com vida. Na sede da especializada, parentes e amigos da igreja acompanhavam os depoimentos, chocados com o crime. Já por volta de 13h20, a Flordelis deixou sua casa em direção a DHNSGI. Ela é a principal testemunha do assassinato do esposo.
Marido planejava lançar Flordelis à prefeita de São Gonçalo
A parlamentar — ligada ao senador Arolde de Oliveira, do Partido Social Democrático (PSD) — foi a quinta deputada federal mais votada no estado do Rio de Janeiro e Anderson era o seu aquele chato de galocha político. Segundo pessoas ligadas à Flordelis, Anderson planejava lançá-la como candidata a prefeita de São Gonçalo, em 2020.
'Livramento' em 2018

Em março de 2018, a parlamentar e o marido foram alvos de bandidos. À época, Anderson disse que "teve um livramento" na tentativa frustrada de assalto. Ainda segundo o pastor, "mesmo com tanta violência, eles não deixariam de acreditar na restauração das pessoas".

A história de Flordelis virou filme, contada em "Flordelis - Basta uma palavra para mudar". A Comunidade Evangélica Ministério Flordelis foi fundada em 1999, no Bairro do Rocha, Zona Norte do Rio, perto do Jacarezinho, onde a deputada evangelizava. Em abril de 1994, eles se casaram.
Pais de 55 filhos, o casal se conheceu em dezembro de 1991, durante um trabalho de evangelismo feito pela cantora. Anderson era o presidente da igreja Ministério Flordelis - Cidade do Fogo, no Galo Branco, em São Gonçalo.
Na igreja de São Gonçalo, a ordem é não falar nada. Nesta manhã deste domingo, o culto das 9h foi cancelado e os fiéis fizeram apenas uma oração. "Não sabemos de nada ainda. O que for falado agora é especulação. Não vamos falar nada à imprensa", disse um funcionário da igreja que não quis se identificar.
Em nota a família Flordelis lamentou "com dor, o falecimento repentino do Pastor Anderson, um servo de Jesus Cristo". "A deputada Flordelis, muito abalada ainda não tem como se pronunciar. Neste momento apertamos as mãos com Deus, e imploramos o conforto Dele. O pastor Anderson estava cumprindo um ministério maravilhoso de redenção de almas, numa luta diária para evitar que o ódio continua a ceifar vidas por falta de Deus no coração dos seres humanos", diz o texto.

fonte:

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/06/5653855-marido-da-deputada-flordelis-e-executado-dentro-de-casa-em-niteroi.html#foto=1
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qui 20 Jun 2019, 8:30 pm



[size=46]Polícia investiga se morte de marido da deputada Flordelis foi execução[/size]

De acordo com investigadores da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, hipótese de latrocínio 'vai se afastando'. Desavença familiar pode ter motivado o crime.


[size=16]A Polícia Civil está investigando se o assassinato do pastor Anderson do Carmo de Souza, marido da deputada federal Flordelis (PSD), foi uma execução. Agentes disseram ao G1 que a linha de investigação até o momento não aponta para latrocínio (roubo seguido de morte).

"Apesar de ainda não estar 100% descartado, latrocínio vai se afastando", disse um investigador na tarde deste domingo (16). Uma desavença familiar também é investigada como uma das hipóteses para motivação do crime, segundo fontes da delegacia.
A perícia já foi realizada no local do crime e no carro da vítima e a investigação segue em andamento. Investigadores descobriram que os bandidos usavam toucas ninja e que doparam o cachorro da família antes da invasão. O corpo do marido da deputada teve mais de 30 perfurações, entre marcas de entrada e saída de projéteis.

A deputada prestou depoimento neste domingo e falou que o marido tentou evitar que criminosos entrassem em sua casa.
"Eu só fui dar um passeio com meu marido, mais nada, gente... Só um passeio, que acabou desta forma, [com ele] perdendo a vida protegendo a casa, protegendo a família. O que ele tentou foi evitar que... Infelizmente abriu o portão da garagem e ele tentou evitar que eles entrassem dentro da casa. Ele sacrificou a vida dele para proteger a família", contou.

[size=26]Morte do pastor



O marido da deputada federal Flordelis (PSD) foi assassinado na madrugada deste domingo (16), em Pendotiba, Niterói. Segundo informações, Anderson Carmo foi executado por volta das 4h, com diversos tiros, pouco tempo após chegar em casa.

Uma equipe do 12º BPM foi acionada com a informação de uma tentativa de homicídio no local onde Anderson foi baleado. A vítima já havia sido socorrida pelos familiares e levada para o Hospital Niterói D’Or, em Santa Rosa, mas ela não resistiu aos ferimentos.
O velório será realizado neste domingo (16), a partir das 17h, no Ministério Flordelis, e o enterro acontece na segunda-feira (17), às 11h, no Memorial Parque Nycteroy, em São Gonçalo.
O pastor deixa 55 filhos - 4 biológicos e 51 adotados.

Sensação de estar sendo seguida



Segundo relatos das testemunhas para os PMS, Anderson e a Flordelis estavam voltando de uma confraternização quando, na altura do Mc Donald's de São Francisco, a deputada teve a sensação de estar sendo seguida por duas motos. Quando já estavam dentro da residência, Anderson teria voltado na garagem dizendo que ia buscar algo que havia esquecido no carro.
Familiares relataram ainda que, logo em seguida, foram ouvido os tiros. E que, logo após os disparos, familiares desceram e encontraram Anderson baleado próximo ao carro.

[/size][/size]
[size][size]

fonte:

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/06/16/policia-investiga-se-morte-de-marido-de-flordelis-foi-execucao.ghtml[/size][/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qui 20 Jun 2019, 8:34 pm



[size=46]Filho suspeita do envolvimento da deputada Flordelis e de três irmãs na morte de pastor[/size]

Jovem contou em depoimento à Polícia Civil que a mãe e as irmãs colocavam remédio na comida do pai, Anderson do Carmo, o que teria causado problemas de saúde. Ele disse também que uma delas ofereceu R$ 10 mil para que o irmão Lucas, preso pela participação na morte do pastor, cometesse o crime.


[size=16]Um dos filhos da deputada Flordelis contou nesta quinta-feira (20) à Polícia Civil que suspeita do envolvimento da mãe e de três irmãs na morte do pai, o pastor Anderson Carmo, morto a tiros no último domingo. Segundo o jovem, uma delas ofereceu R$ 10 mil ao irmão Lucas dos Santos para matar o pastor.

O rapaz, que não teve a identidade revelada, disse que a mãe e três irmãs colocavam remédio na comida do pai e que isso seria a causa de seus problemas de saúde. Ele contou também que Anderson mostrou uma ameaça de morte que tinha recebido em fevereiro.
O jovem afirmou ainda que o irmão Lucas recebeu proposta de R$ 10 mil de uma das irmãs para matar Anderson. Lucas não estava na casa no momento do crime, mas teria comprado a arma usada no assassinato.

No depoimento, o filho disse que não houve barulho, confusão e nem moto em fuga no momento da morte. Ele afirmou que viu o irmão Flávio, que confessou ter dado seis tiros no pai, ao lado do corpo ensanguentado, recolhendo uma mochila de couro e o telefone celular do pastor. O aparelho foi entregue para a mãe Flordelis, segundo o depoimento.
Os policiais ainda não encontraram os celulares de Flordelis, do pastor e de Flavio. Também não acharam a mochila.
Ele descreveu o comportamento desesperado dos parentes no velório como "teatro".
Nesta quinta-feira (20), a Justiça do Rio de Janeiro aceitou o pedido da Polícia Civil e determinou a prisão temporária de Lucas e Flávio. O pedido foi feito ao Judiciário após os investigadores realizarem uma acareação entre Flávio e Lucas.
[size=16][size=16]A reportagem entrou em contato com a assessoria da deputada Flordelis, mas ainda não obteve resposta.
[/size][/size][/size]
[size][size][size][size]

fonte:

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/06/20/filho-suspeita-do-envolvimento-da-deputada-flordelis-e-de-tres-irmas-na-morte-de-pastor-diz-policia.ghtml[/size][/size][/size][/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qui 20 Jun 2019, 9:08 pm



[size=52]Polícia teria encontrado edredom sujo de sangue num dos quartos da casa de pastor morto em Niterói[/size]
DHNSG também recolheu materiais que foram queimados no quintal da residência de Flordelis, minutos antes de revista da Especializada

RIO — A polícia encontrou vestígios de objetos queimados nos fundos da casa da deputada federal e pastora evangélica Flordelis, na última terça-feira. Vizinhos perceberam uma fumaça saindo da parte de trás da casa da parlamentar, minutos antes de os investigadores da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) chegarem ao local com um mandado de busca e apreensão para revistar a residência. A DHNSG confirmou que recolheu o que restou do material incinerado no quintal da casa. Tudo está sendo analisado pelos peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE). Há informações de que um edredom sujo de sangue, apreendido num dos quartos, também está em análise.

[size=19]Desde a madrugada do último domingo, quando o marido da parlamentar, o pastor Anderson do Carmo foi assassinado, a delegacia trabalha com a hipótese de dois dos 55 filhos da deputada, 51 deles adotivos, serem os autores do crime. Na tarde desta quinta-feira, o Plantão Judiciário expediu o mandado de prisão preventiva contra Flávio dos Santos Rodrigues, de 38 anos, e Lucas Cezar dos Santos Souza, de 18. Segundo uma fonte da polícia, os dois estiveram na casa da família, em Pendotiba, antes do crime. No dia do assassinato, o cachorro da família estaria dopado. A polícia também está aguardando a análise do sangue do animal. A descoberta de alguma substância pode ser um indício de que alguém de dentro de casa colocou o remédio para evitar a reação do cão, no momento do homicídio.

[/size]
[size][size]


fonte:


https://oglobo.globo.com/rio/policia-teria-encontrado-edredom-sujo-de-sangue-num-dos-quartos-da-casa-de-pastor-morto-em-niteroi-23753906
[/size][/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sex 21 Jun 2019, 10:28 am



[size=44]Flordelis e mais três filhas teriam envolvimento com morte de pastor, diz filho do casal[/size]

Depoimento sugere que o assassinato pode ser uma trama macabra em família



Rio - Depoimento de outro filho da pastora e deputada federal Flordelis (PSD-RJ) mudou o rumo das investigações sobre a morte do pastor Anderson dos Santos, marido de Flordelis, assassinado no domingo à noite na casa da família, em Pendotiba, Niterói. O depoimento sugere que o assassinato pode ser uma trama macabra em família envolvendo não apenas Flávio e Lucas dos Santos (filhos biológico e adotivo do casal), mas outras três irmãs e a própria Flordelis.

Segundo o RJ TV 2ª edição, um dos filhos, que não teve a identidade revelada, ouvidos pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) afirmou que não ouviu barulho de carro ou moto em fuga. Flordelis havia dito que viu duas motos seguindo o carro e que, depois de o casal entrar em casa, Anderson voltou para buscar algo no carro. O filho ainda relatou que encontrou Flávio ao lado de Anderson, que estava caído no chão.

Ele afirma que sua namorada entregou o celular de Anderson para Flordelis. A informação é importante porque a polícia requisitou o celular da deputada e do marido assassinado.

O filho incrimina Flordelis e três irmãs. Segundo RJ2, o filho afirmou que Flordelis e três irmãs já colocaram remédios na comida de Anderson, o que seria a causa de sua saúde comprometida. Segundo o depoimento, o pastor, em fevereiro, mostrou ameaça de morte que recebeu por mensagem.

No depoimento, o filho afirmou que Lucas recebeu proposta de uma das irmãs para matar Anderson. Flordelis, segundo ele, disse a um dos filhos que a hora do pai estava chegando.

Além dessas revelações, o filho acredita que Flordelis e as três irmãs estão envolvidas no assassinato e que o comportamento desesperado da deputada e dos filhos citados no enterro do pastor seria um teatro. 

Procurada, a deputada afirmou por meio da assessoria que não irá se pronunciar sobre o assunto.

fonte:

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/06/5655508-flordelis-e-mais-tres-filhas-teriam-envolvimento-com-morte-de-pastor--diz-filho-do-casal.html#foto=1
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sex 21 Jun 2019, 10:09 pm



[size=52]Polícia intima Flordelis a depor, quebra sigilos telefônicos e detalha imagens de suspeitos na hora do crime[/size]
Até o momento, celular do pastor Anderson do Carmo não foi encontrado. Lucas foi visto chegando pouco antes da morte do pai, com uma mochila

RIO —  A Polícia Civil anunciou na noite desta sexta-feira, na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), que a deputada federal Flordelis será intimada a depor na Especializada. Esposa de Anderson do Carmo, assassinado no último domingo, na garagem de casa, em Niterói, ela entrou no radar dos investigadores como suspeita de participação no crime, principalmente após o depoimento de um dos filhos, que apontou ela e três de suas irmãs como autoras da execução .

Além da intimação, a delegacia confirmou, também, que foram quebrados os sigilos telefônicos de Anderson, de Flávio dos Santos, filho de Flordelis, que já assumiu à polícia que disparou seis vezes contra o padrasto, e, também da deputada federal, mas a dela foi negada pela Justiça. O conteúdo será analisado pela Inteligência.

[size=35]Imagens mostram movimentação dos suspeitos

A investigação também afirma que, numa das câmeras de segurança utilizadas na apuração do crime, há imagens que mostram o momento em que Lucas dos Santos, de 18 anos, preso desde segunda-feira, chega à casa da família, às 3h, saindo do banco do carona de um carro. Ele entra na residência, carregando uma mochila. Às 3h15m, ele volta a aparecer: desta vez, ele sai da casa, correndo. De acordo com a polícia, Anderson foi morto às 3h25m. Depois deste horário, Flávio dos Santos, que também está preso, também deixa o local, mas volta em seguida.
Segundo a DH, Flávio alega que foi até um posto da Polícia Militar pedir ajuda, o que não é confirmado pela polícia. Lucas, por sua vez, alegou que havia apenas roupas na mochila.
A polícia ainda não sabe o que motivou o crime, e segue trabalhando com várias possibilidades, como questões financeiras e amorosas.
—  Todos que estavam na casa no momento do crime estão sendo objeto de investigações. Incluindo a deputada Flordelis. Nós ainda não temos uma motivação. Ela foi intimada hoje (sexta-feira) a depôr, e seu depoimento deve acontecer na próxima semana. Ainda sem data marcada —  afirmou a delegada Bárbara Lomba, da DHNSG. De acordo com ela, vinte pessoas já foram ouvidas pela polícia, sendo dez da família.
A delegada diz que, até agora, a polícia pode confirmar que duas pessoas estão envolvidas no crime.
— Podemos dizer que, até agora, duas pessoas estão envolvidas no crime (Lucas e Flávio). Flávio atirou e Lucas comprou a arma. Ele disse que comprou por R$ 8 mil numa favela do Rio. Mas ainda estamos confirmando esta informação — concluiu.

[size=35]Flordelis diz que não está sendo investigada[/size]

Em nota, a assessoria da deputada federal Flordelis afirmou que ela foi intimada a depor apenas como testemunha. Leia:
"A Deputada Federal Flordelis recebeu a intimação para depor como testemunha do caso e não como investigada, porque não está sendo investigada. Os fatos estão sendo apurados. Para que não reste dúvida, por favor, sejam específicos no questionar a polícia. A Delegada responsável pelo caso, nas entrevistas que concedeu, não especificou e, como se trata de uma parlamentar, com as implicações que se tem, há a necessidade da informação prestada pela polícia ser específica e direta. Por isso, a bem da verdade, reafirmamos com base em todos os fatos e informações específicas que dispomos, que a Deputada Federal Flordelis não está sendo investigada".[/size]
[size]

fonte: https://oglobo.globo.com/rio/policia-intima-flordelis-depor-quebra-sigilos-telefonicos-detalha-imagens-de-suspeitos-na-hora-do-crime-23756984

[/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sab 22 Jun 2019, 7:30 am



[size=44]Flordelis: celular de filho que confessou ter matado pastor também sumiu, diz delegada[/size]

O aparelho celular da vítima também não foi encontrado até hoje. Sobre uma possível participação de Flordelis no crime, como relatado em depoimento de um dos filhos do casal, a delegada preferiu não comentar


Rio - A delegada Barbara Lomba, titular da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) informou, em entrevista coletiva na tarde desta sexta, que o celular de Flávio dos Santos, filho biológico da deputada federal Flordelis, desapareceu. Ele confessou ter matado o pai adotivo, o pastor Anderson do Carmo. O aparelho da vítima também não foi encontrado até hoje
Sobre uma possível participação de Flordelis no crime, como relatado em depoimento de um dos filhos do casal, a delegada preferiu não comentar. Barbara Lomba informou, ainda, que não pretende pedir a apreensão do celular da parlamentar. "Não vou adiantar se ela é suspeita ou não", disse.
A chefe das investigações contou que nenhuma das pessoas ouvidas até o momento no inquérito que apura o homicídio do pastor Anderson do Carmo relatou uma relação extraconjugal da vítima. Perguntada sobre possível motivação financeira para o crime, Lomba falou  que a informação não está descartada.

"É uma das informações que estamos considerando, mas ainda não encontramos uma relação direta. A motivação ainda não está clara. Precisamos colher mais provas materiais e depoimentos de outras pessoas que estavam na casa no momento do crime, e também de pessoas que conviviam com o casal", disse a delegada.


Delegada confirma dados da investigação

Ainda de acordo com a delegada Barbara Lomba, os investigadores têm informações seguras de que apenas uma arma foi usada no assassinato: a pistola que foi apreendida no quarto de Flávio dos Santos, um dos filhos do casal.

"Encontramos nove estojos de munição na casa e eles são compatíveis com a arma que apreendemos no quarto de Flávio. Ainda aguardamos o laudo definitivo da perícia, mas é praticamente certo que a arma apreendida foi utilizada no crime", disse Barbara Lomba.

Outro ponto consistente da investigação, segundo a delegada, é a participação dos filhos do casal Flávio dos Santos e Lucas dos Santos no assassinato do pastor Anderson. "Flávio confessou que deu seis tiros no pastor e temos informações seguras que o Lucas prestou auxílio comprando a arma utilizada no crime. Mas a confissão só não basta, são relatos que não definem a investigação. Temos que buscar outros elementos para entender melhor como foi o momento da execução", esclareceu.

Sobre a informação dita à imprensa por Flordelis, dando conta de que homens em duas motos seguiam o casal momentos antes de eles chegarem em casa no domingo, dia do crime, a delegada disse que a informação não foi relatada no inquérito por nenhuma das pessoas interrogadas até o momento.

A delegada comenta, ainda, que as imagens de câmeras de segurança obtidas pelos policiais mostram o casal chegando em casa na madrugada de domingo. "O Anderson saiu do carro e trocou de roupa e um closet ao lado da garagem. Quando ele voltou ao carro, houve o assassinato. Ainda não sabemos porquê ele retornou ao carro", disse a delegada.

fonte: https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/06/5655642-flordelis--celular-de-filho-que-confessou-ter-matado-pastor-tambem-sumiu--diz-delegada.html
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sab 22 Jun 2019, 7:33 am



[size=44]Deputada Flordelis é intimada a depor novamente sobre assassinato do marido[/size]

Até o momento, 20 pessoas já foram ouvidas


Rio - A deputada federal Flordelis foi intimada a depor novamente sobre o assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, morto a tiros na madrugada deste domingo. A parlamentar será ouvida pela delegada Bárbara Lomba, titular da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), que investiga o caso. Um dos filhos de Flordelis, Flávio dos Santos, confessou o crime, mas não revelou o motivo. Flávio não era filho biológico da vítima, somente da Flordelis. Segundo relatos dos outros familiares o convívio do pastor com os filhos não era harmônico. "A vítima era a responsável por controlar o dinheiro da família. Até os gastos da deputada. Esse perfil controlador gerava brigas entre os familiares", disse Bárbara Lomba.
Um vídeo obtido pela Polícia Civil pode dar novos contornos ao caso. As imagens mostram outro filho da deputada, Lucas, entrando na casa as 3h08 com uma mochila. Ele sai em seguida. Cerca de 15 minutos depois, o pastor chega de carro.  Inicialmente, Lucas disse que não esteve na casa no dia do crime. Com as imagens, ele foi confrontado.
O vídeo também mostra o pequeno incêndio em papeis no quintal da residência no dia em que a polícia foi fazer busca e apreensão. Esses documentos foram apreendidos e estão passando por perícia. Os policiais encontraram a arma do crime, uma pistola comprada na Favela Nova Holanda.  Uma das contradições do caso é exatamente a compra da arma. Tanto Lucas quanto Flávio afirmam que a compraram a arma na favela Nova Holanda, dois dias antes do crime.

Flavio diz que Lucas ajudou com o dinheiro, Lucas nega essa informação. Ele ainda afirma que somente apontou o local na comunidade onde Flávio poderia comprar a pistola e  diz que não sabia como Flávio iria usá-la.
Eles teriam pago R$ 8 mil na compra. Lucas diz que Flávio pagou na íntegra pela arma. Já Flávio diz que Lucas deu R$ 3 mil.
[size]

fonte:

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/06/5655878-deputada-flordelis-e-intimada-a-depor-novamente-sobre-assassinato-do-marido.html#foto=1[/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 03 Jul 2019, 11:01 pm



[size=44]Caso Flordelis: Polícia analisa demora de socorro a pastor Anderson do Carmo[/size]

Bombeiros encaminharam horário de primeiro contato para investigação. Em coletiva, a parlamentar afirmou que seus filhos realizaram 'inúmeras ligações' à corporação logo após o seu marido ter sido baleado na garagem de casa


Rio - A Polícia Civil pediu aos bombeiros o horário em que a primeira ligação solicitando por socorro foi realizada da residência da deputada federal Flordelis, na madrugada do dia 16 de junho. Em coletiva, a parlamentar afirmou que seus filhos realizaram "inúmeras ligações" à corporação logo após o seu marido, o pastor Anderson do Carmo, ter sido baleado na garagem de casa.
A assessoria do Corpo de Bombeiros afirmou que já repassou a informação à especializada responsável pelo caso mas, como a investigação se encontra sob sigilo, não irá divulgar à imprensa. Os bombeiros negaram a informação de demora no socorro e disseram que, a caminho do local, foram dispensados pela família.
Imagens de câmeras mostram que o pastor foi levado para o hospital cerca de 25 minutos após ter sido baleado. Segundo o inquérito, ele já estaria morto.

Flávio dos Santos, que se encontra preso, teria assumido ter atirado no pai. É ele quem leva o corpo do pastor ao hospital. Logo após o crime, ele chegou a sair de casa com o carro para procurar a polícia ao invés de socorro, o que intrigou os investigadores. A polícia prepara uma reconstituição do caso, com todos os envolvidos.

fonte: 

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/07/5659995-caso-flordelis--policia-analisa-demora-de-socorro-a-pastor-anderson-do-carmo.html
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 03 Jul 2019, 11:03 pm



[size=44]Filha de Flordelis e pastor Anderson do Carmo diz que família está 'rachada e destruída'[/size]

Roberta Santos fez uma postagem em tom de desabafo em uma rede social falando da dor da perda do pai, o pastor Anderson do Carmo. Mensagem corrobora com os últimos acontecimentos envolvendo a família


Rio - Roberta Santos, uma das filhas da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), disse que a família está rachada desde o assassinato do pai, o pastor Anderson do Carmo. A afirmação, feita em tom de desabafo em rede social, corrobora com os últimos acontecimentos envolvendo filhos do casal.
"Dói. Cada dia que se passa dói mais ainda. Cada dia dói diferente. Nunca, nem nos meus piores pesadelos eu me imaginei sentindo essa dor. Temos a dor da perda, a dor da angústia, a dor da revolta, a dor da impunidade, a dor do medo, a dor das inúmeras perguntas e pior de todas as dores que é ver nossa família quebrada, rachada e destruída", escreveu.
O "racha" ao que refere Roberta aponta para o que ocorreu há alguns dias, quando dois filhos do casal decidiram deixar a igreja Ministério Flordelis. Um deles, o vereador Misael da Flordelis, retirou o nome da mãe que ajudou em uma candidatura. Um outro, durante depoimento, acusou a mãe de ter envolvimento no assassinato do pastor. 

Roberta também falou da saudade que sente do pai Niel, como os filhos costumavam chamar o pastor Anderson do Carmo. "A alma só chora e sei que a justiça que por mais que seja necessária, não será suficiente pra curar essa dor... Pelo contrário, é de se esperar que doa mais ainda. Não pensem que ficaremos felizes com ela... Acredite, vai doer mais ainda! Daria TUDO pra não estarmos passando por isso e daria mais ainda pra não sentir mais essa dor e com a dor vem a revolta".
Em entrevista ao Fantástico, a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) evitou tomar partido e disse que "não acredita em nada" em relação à participação de dois de seus 55 filhos no assassinato de seu marido, o pastor Anderson do Carmo, morto há duas semanas em Niterói, Região Metropolitana do Rio.
Entretanto, à Veja, ela lançou suspeitas sobre Lucas, alegando que ele e o pastor Anderson tinham problemas de relacionamento por causa dos erros do Lucas, que tinha entrado para o tráfico. As mesma revelações feitas à revista não foram contadas em depoimento à Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), apesar de ter passado dez horas na especializada no dia em que prestou depoimento, na semana passada. 
Defesa de filho preso por morte de pastor protocola reclamação no STF
A defesa de Flávio dos Santos Rodrigues, que segundo a Polícia Civil confessou ter matado o pastor Anderson do Carmo, no dia 16 de junho, protocolou na segunda-feira, no Supremo Tribunal Federal (STF), uma reclamação contra a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI).
De acordo com os advogados Maurício Mayr e Anderson Rollemberg, a polícia não concedeu acesso ao inquérito da investigação e nem ao termo de confissão de Flávio. Ainda segundo a defesa, ele nunca teria confessado o crime.
[size]

fonte:

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/07/5659633-filha-de-flordelis-e-pastor-anderson-do-carmo-diz-que-familia-esta--rachada-e-destruida.html[/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Ter 09 Jul 2019, 2:18 pm



[size=30]Igrejas do Ministério Flordelis entram em crise após execução de pastor em Niterói[/size]
A morte do pastor Anderson do Carmo de Souza, que completa neste domingo três semanas, desencadeou uma crise nas igrejas fundadas por ele e por sua mulher, a deputada federal Flordelis (PSD). Na última quarta-feira, uma das filiais, que fica no bairro de Pendotiba, Niterói, foi fechada. O Ministério Flordelis, apesar de levar o nome da parlamentar, era administrado por Anderson, que exercia o cargo de presidente.
Com o assassinato do pastor Anderson, o ministério também perdeu outra importante liderança. Um dos filhos adotivos dele com Flordelis, o vereador de São Gonçalo Misael, cujo nome de batismo é Wagner de Andrade Pimenta, resolveu deixar a igreja fundada pelos pais. O rapaz, que também é pastor, trabalhava na administração dos templos com Anderson. Além de Misael, outro filho adotivo do casal, Luan Santos, também pastor, resolveu sair do ministério após o crime, cometido na casa da família, em Niterói, no último dia 16.

Na quarta-feira passada, cinco dias após o desligamento de Misael e Luan, Flordelis decidiu fechar uma de suas seis igrejas, a de Pendotiba, mesmo bairro onde fica a casa da família. Sua assessoria afirma que o fechamento é temporário e alega que os dirigentes da unidade se desligaram após a morte do pastor, por isso não há ninguém para realizar os cultos. O mesmo movimento está acontecendo em outras igrejas, que também correm o risco de fechar as portas.
Na noite da última quinta-feira, o EXTRA esteve no culto realizado na sede do ministério, no Mutondo, em São Gonçalo. Cerca de 100 fieis estavam presentes no local, que pode abrigar até 1.500 pessoas. A cerimônia começou por volta das 19h15. Poucos antes das 20h, a pastora Flordelis entrou na igreja e sentou na primeira fila de cadeiras, ao lado de alguns de seus filhos, entre eles Carlos Ubiraci Francisco Silva. Também pastor, Carlos assumiu a administração do ministério.
A pastora foi ao palco em dois momentos para cantar a música ‘‘Jó’’, da cantora gospel Midian Lima. O culto, conduzido pelo pastor Querley Libério de Araújo, durou cerca de 1h30.
Em setembro deste ano, a sede do Ministério Flordelis deixaria de ser no Mutondo e passaria para o bairro do Laranjal. Desde o início de 2017 estava sendo construída uma nova sede — era o principal projeto de Anderson para a igreja. Após o crime, a obra teria sido interrompida. O local foi planejado para abrigar 5 mil fieis e a inauguração estava prevista para 5 de setembro, durante o Congresso Internacional de Missões.
A assessoria da deputada nega que a obra da nova sede esteja paralisada. Na última quinta-feira, o EXTRA esteve no local e obteve a informação de que dois funcionários que estavam na construção apenas limpavam o terreno.

fonte:

https://extra.globo.com/casos-de-policia/igrejas-do-ministerio-flordelis-entram-em-crise-apos-execucao-de-pastor-em-niteroi-23789950.html
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qui 15 Ago 2019, 1:59 pm



[size=44]Polícia indicia filhos de Flordelis pela morte do pastor Anderson do Carmo[/size]

Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza já estão presos e vão responder pelo crime de homicídio qualificado


Rio - A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) indiciou Flávio dos Santos Rodrigues, de 38 anos, e Lucas Cezar dos Santos de Souza, 18, por homicídio qualificado pela morte do pastor Anderson do Carmo de Souza, 42. Ambos são filhos da deputada federal Flordelis dos Santos de Souza (PSD-RJ), que era mulher do pastor assassinado na madrugada do último 16 de junho, em Niterói, na Região Metropolitana do estado.
Anderson era pai adotivo de Lucas Cezar e padrasto de Flávio, que era filho biológico de Flordelis. Os dois acusados foram presos momentos depois do enterro do pastor, no dia seguinte ao assassinato. Desde então, eles estão na carceragem da DHNSG. O inquérito da titular da especializada, a delegada Bárbara Lomba, também pede a conversão da prisão dos dois de temporária por preventiva.
De acordo com a Polícia Civil, o documento foi entregue nesta quarta-feira ao Ministério Público estadual (MP-RJ) e encerra a primeira fase das investigações do caso.
"Agora, será dado início à segunda fase da investigação para identificar a participação de possíveis coautores no crime", a secretaria informou, em nota.
EXECUÇÃO
O pastor Anderson do Carmo foi morto com pelo menos 30 tiros minutos depois de chegar em casa com a esposa, no bairro de Pendotiba. Durante as investigações, os policiais encontraram no quarto de Flávio a pistola de 9mm usada no crime.
De acordo com a Polícia Civil, Flávio confessou ter atirado seis vezes no pai. A defesa dele, no entanto, nega que ele tenha confessado oficialmente e disse que Flávio não estava na presença de um defensor quando relatou o fato aos policiais. Lucas, segundo a polícia, teria comprado a pistola.
A motivação do crime ainda é investigada.
DEFESAS
Procurado pelo DIA, o advogado de Flodelis, Fabiano Leitão, informou que a deputada não vai comentar o indiciamento dos filhos. "Mas ela recebeu a notícia com muita tristeza e respeita o trabalho da polícia e confia na Justiça", disse.
A defesa de Lucas Cezar disse à Agência Brasil que seu cliente é inocente e que provas colhidas na investigação mostram que ele saiu da casa antes do crime. "Os elementos colhidos na investigação denotam a não participação do Lucas. Ele esteve na casa, porém saiu muito antes da suposta execução", disse o advogado Victor Viana.

Já a defesa de Flávio criticou a condução das investigações e disse que não teve acesso ao inquérito, nem aos depoimentos de seu cliente, que foram prestados sem a presença de um advogado. "Nos traz um alívio que seja remetido ao Judiciário. Sabemos que vamos poder desempenhar o nosso papel com mais lisura, efetividade e mais respeito por parte do Judiciário", disse o advogado Maurício Mayr, acrescentando que pretende contestar provas e inquirir testemunhas.
[size]
fonte:
https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/08/5672381-policia-civil-indicia-filhos-de-flordelis-pela-morte-do-pastor-anderson-do-carmo.html#foto=1
[/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sex 16 Ago 2019, 9:38 am



[size=44]MP denuncia filhos da deputada Flordelis por homicídio triplamente qualificado[/size]

Polícia Civil não descarta o envolvimento no crime da própria viúva ou de outros filhos do casal


Rio - O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), através através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), denunciou por homicídio triplamente qualificado dois filhos da pastora e deputada federal Flordelis pela morte do também pastor Anderson do Carmo, que era seu marido. Se a Justiça aceitar a denúncia contra Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza, eles passam a ser réus no processo criminal.
O crime aconteceu em 16 de junho, na casa da família, em Pendotiba, Niterói, e, de acordo com as investigações, a motivação não foi individual de Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cézar dos Santos de Souza, filhos do casal que já foram indiciados. Os dois foram transferidos na manhã desta quinta-feira da carceragem da DH, em Niterói, para o presídio de Benfica, onde irão continuar cumprindo o mandado de prisão preventiva.
“Temos a indicação de que há outros envolvidos no crime. A motivação não é individual do Lucas e do Flavio, ela é global. Tem uma motivação final, que é quem tinha interesse também no crime além deles dois. Se a ação criminosa tivesse se encerrado no Lucas e no Flavio, o inquérito já teria sido encerrado, e ele foi continuado. Houve encerramento do primeiro inquérito por razões procedimentais, de prazos de encerramento. A motivação seria por motivações financeiras, em razão da administração dos bens familiares”, explicou a delegada Bárbara Lomba, diretora da especializada.

Procurada por O DIA, a defesa de Flordelis informou que a deputada federal recebeu a notícia com naturalidade, pois já era esperado. "Agora, vamos analisar o relatório do inquérito e os termos da denúncia", disse o advogado da parlamentar Fabiano Migueis, sobre a Polícia Civil não descartar a participação de Flordelis na morte do pastor.

fonte:

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/08/5672972-mp-denuncia-filhos-da-deputada-flordelis-por-homicidio-triplamente-qualificado.html
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sex 16 Ago 2019, 9:59 am



[size=30]Filho de Flordelis afirma à polícia que recebeu mensagens do celular da mãe pedindo que o pastor fosse morto[/size]

Em um dos seus depoimentos à Polícia Civil, Lucas Cézar dos Santos de Souza, filho adotivo da pastora e deputada federal Flordelis dos Santos de Souza e de Anderson do Carmo, afirmou que, três meses antes do crime, recebeu mensagens enviadas do celular da própria mãe pedindo que ele matasse o pai. O rapaz relata ainda que era comum várias pessoas na casa usarem o telefone da pastora. Lucas foi indiciado pela Polícia Civil por participação no crime. De acordo com a investigação, ele ajudou o irmão, Flávio dos Santos Rodrigues, a comprar a pistola usada para executar o pastor. Lucas afirma que não sabia que a arma seria usada no crime. Nesta sexta-feira, a morte do pastor Anderson completa dois meses.
Lucas relatou aos agentes que horas após ter recebido as mensagens, ligou para o telefone da mãe e soube que a pastora não estava em casa, pois a ligação não foi atendida por ela. O rapaz contou que esteve na residência da família, no mesmo dia, e mostrou as mensagens para Flordelis, que ficou nervosa.
O filho da pastora também revelou que na véspera do dia em que recebeu as mensagens, uma de suas irmãs adotivas, Marzy, lhe procurou e ofereceu R$ 5 mil para que ele matasse Anderson. De acordo com Lucas, no início da conversa, a irmã afirmou que Anderson estava insuportável e ninguém mais o suportava na casa. Lucas disse que se negou a fazer o que a irmã lhe pediu e alegou que não tinha por que fazer nada contra Anderson, pois tudo que ele precisava, o pai lhe dava. Marzy Teixeira da Silva, de 35 anos, é uma das filhas adotivas de Flordelis.
O rapaz também relatou que, na mesma época, foi chamado na casa da família, de madrugada, pela mesma irmã adotiva. A mulher o recebeu no portão, no lado de fora da casa, e perguntou se ele “faria” o Anderson. Nessa ocasião, Lucas afirma que a irmã lhe ofereceu R$ 5 mil e afirmou que ele poderia ficar com os relógios do pastor. Ele se recusou a cometer o crime e afirma ter ficado desesperado, com medo que o pastor fosse morto e ele, responsabilizado pelo crime. Lucas também afirmou aos policiais que o celular que utilizava na época e no qual recebeu as mensagens não era o mesmo que utilizava atualmente, antes de ser preso.
Procurada, a assessoria de imprensa de Flordelis afirmou que ela e a filha não comentariam o depoimento de Lucas.
Na noite dessa quinta-feira, Lucas e Flávio foram denunciados pelo Ministério Público estadual pelo crime de homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima). Flávio é acusado de ter atirado contra o pastor. Ele confessou o crime. Já Lucas nega envolvimento no assassinato. O inquérito da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo foi desmembrado para prosseguir com as investigações em relação a outras pessoas que podem ter envolvimento com o caso, entre elas Flordelis.
Em coletiva de imprensa realizada nessa quinta-feira, a delegada titular da DH Niterói, Bárbara Lomba, não descartou a participação da deputada na morte do marido.
- O crime foi cometido em um ambiente familiar e há outros envolvidos (além de Flávio e Lucas) e há uma motivação final - disse Bárbara. - O contexto todo da família está sendo investigado. E a deputada faz parte da família - afirmou a delegada.
Bárbara revelou ainda que a polícia acredita que a motivação do crime esteja relacionada a questão financeira:
- De uma forma geral, o que há nesta altura da investigação é que a motivação seria por razões financeiras, de administração de bens. Então, isso seria uma das linhas. Então, uma das qualificadoras do crime seria por motivo torpe por essa razão - disse ela.

fonte:

https://extra.globo.com/casos-de-policia/filho-de-flordelis-afirma-policia-que-recebeu-mensagens-do-celular-da-mae-pedindo-que-pastor-fosse-morto-23880512.html
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Ter 20 Ago 2019, 5:57 pm



[size=30]Filha afirma que Flordelis sabia de plano para matar pastor Anderson[/size]

Uma das filhas adotivas da pastora e deputada federal Flordelis dos Santos de Souza confirmou, em depoimento à Polícia Civil em 24 de junho, que pediu a um dos irmãos, Lucas Cézar dos Santos, para matar o seu pai, o pastor Anderson do Carmo. Marzy Texeira da Silva também relatou que a mãe sabia de seu plano. Ela deu as declarações aos policiais no mesmo dia em que Lucas falou, em depoimento, que recebeu pedidos de Marzy para assassinar Anderson três meses antes da morte do pastor.
Ainda seu depoimento, Marzy afirmou que, em conversa pelo WhatsApp, ofereceu a Lucas R$ 10 mil para matar o pastor. Ela contou que a quantia seria paga com dinheiro que furtaria da própria vítima. Marzy alega que Lucas aceitou o combinado e afirmou que pretendia assassinar Anderson dentro da casa da família, em Pendotiba, Niterói, onde ele acabou sendo executado.

A filha adotiva de Flordelis afirma que discordou da ideia e pediu que o pastor fosse morto no caminho da igreja para casa, simulando um assalto. Marzy disse que no mesmo dia, viu que Anderson estava muito agitado, e disse ao irmão que por isso só conseguiria R$ 5 mil, mas que também pegaria três relógios da vítima. Marzy afirmou ainda que Lucas aceitou a sua proposta mas que horas depois de ambos terem conversado, ela se arrependeu e ligou para o irmão e pediu que ele não desse prosseguimento ao plano. Em seu depoimento, Lucas negou ter aceitado a proposta de Marzy para matar o pastor.
Marzy também disse, no depoimento, que contou à mãe sobre o seu plano para matar Anderson. Segundo ela, Flordelis disse apenas que não tinha dinheiro e alertou a filha para que não fizesse nada de que se arrependesse depois.
Ainda de acordo com Marzy, o próprio pastor descobriu que estavam planejando sua morte e chamou um por um na família, inclusive ela própria. Nessa ocasião, Anderson disse que colocaria grampos em todos os telefones da casa, por isso Marzy decidiu comprar um chip para falar com a mãe. Ainda de acordo com o depoimento, Flordelis também usava um outro chip que tinha para falar com a filha. Marzy também alegou à polícia que Flordelis pediu à filha para apagar todas as conversas no WhatsApp nas quais foram feitos comentários sobre a morte do pastor.
Em seu depoimento, Marzy afirma ter planejado a morte de Anderson, pois estava com raiva do pai adotivo. Ela admite ter furtado R$ 5 mil na casa, de um dos irmãos, e afirma ter sofrido retaliações de Anderson. Além disso, alega ter ficado sabendo pela própria Flordelis de que o pastor havia tentado abusar sexualmente de uma das netas.
Marzy nunca foi formalmente adotada por Anderson e Flordelis, pois já era maior de idade quando passou a morar na residência do casal.
Lucas e o irmão, Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico apenas de Flordelis, já são réus pela morte do pastor Anderson. Eles foram denunciados por homicídio duplamente qualificado (por motivo torpe e com recurso que impossibilitou a defesa da vítima). De acordo com as investigações, Flávio atirou contra Anderson e Lucas ajudou o irmão a comprar a arma do crime. A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo desmembrou o inquérito e continua investigando a participação de outras pessoas da família na morte, entre elas Flordelis.
Procurada, a assessoria de imprensa de Flordelis afirmou que não se pronunciará sobre o depoimento por orientação do advogado da pastora.

fonte:

https://extra.globo.com/casos-de-policia/filha-afirma-que-flordelis-sabia-de-plano-para-matar-pastor-anderson-23888388.html
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 21 Ago 2019, 6:32 pm



[size=44]Filha de Flordelis ofereceu R$ 10 mil a irmão para matar o pai[/size]

Marzy Teixeira da Silva teria dito à Polícia Civil que Lucas Cezar dos Santos teria aceitado a proposta


Rio - Uma das filhas adotivas da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) teria afirmado que ofereceu R$ 10 mil a um irmão para que ele matasse o pai, o pastor Anderson do Carmo, segundo depoimento divulgado pelo jornal O Globo, nesta terça-feira. Segundo o documento, Marzy Teixeira da Silva, de 35 anos, disse à Polícia Civil que o irmão aceitou a oferta, mas horas depois ela teria desistido da ideia e avisado o rapaz que o plano não seria realizado.

Carmo foi assassinado em 16 de junhoDois filhos de Flordelis estão presosforam denunciados por homicídio triplamente qualificado contra o pastor.

Além de Marzy, Flordelis tem outros 50 filhos adotivos e quatro biológicos. Segundo o jornal, em 24 de junho ela contou à Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) que, em conversa pelo aplicativo WhatsApp com o irmão Lucas Cezar dos Santos (também adotado pelo casal), ofereceu R$ 10 mil para que ele matasse o pai adotivo. Ela pretendia furtar essa quantia do pai.


Lucas teria aceitado a proposta, afirmando que cometeria o crime dentro da própria casa da família, em Pendotiba, bairro de Niterói, na Região Metropolitana do estado. Marzy então teria discordado e orientou o irmão a simular um assalto e matar o pai na saída de uma igreja.

No depoimento, Marzy afirmou que horas depois se arrependeu e ligou para o irmão, desfazendo o acordo. Segundo o jornal, ela contou ainda ter informado a mãe sobre sua iniciativa. Flordelis teria dito que a filha não deveria fazer nada de que pudesse se arrepender.



PASTOR AVISADO

A filha da parlamentar narrou ainda à polícia que o pai ficou sabendo que havia um plano para matá-lo e conversou individualmente com cada filho. Ele teria dito que iria grampear todos os telefones da família.

Lucas, de 18 anos, é um dos presos pelo crime. Em depoimento à polícia, ele confirmou ter recebido proposta da irmã para matar o pai, mas diz que nunca chegou a aceitá-la. Ele foi denunciado pelo homicídio junto com Flávio dos Santos Rodrigues, de 38 anos, filho biológico de Flordelis com seu primeiro marido.



Segundo a Polícia Civil e o Ministério Público estadual (MPRJ), Flávio praticou o crime, e Lucas sabia do plano e auxiliou o irmão em procedimentos preparatórios, por isso também deve responder pela conduta.

A defesa de Flávio nega que ele tenha confessado o crime, como afirma a polícia. A reportagem não localizou a defesa de Lucas.





fonte:


https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/08/5674305-filha-de-flordelis-ofereceu-r--10-mil-a-irmao-para-matar-o-pai.html#foto=1
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qui 22 Ago 2019, 12:10 pm



[size=44]Filha de Flordelis falava em ‘matar esse demônio’[/size]

Em depoimento, ex-amante de Simone revela que ela disse que ninguém ‘aguentava mais o pastor’


Rio - O amante da filha de Flordelis dos Santos de Souza, Rogério dos Santos Silva, afirmou, em depoimento à Polícia Civil, em junho, que Simone dos Santos Rodrigues, filha biológica da deputada federal, queria matar o padrasto, o pastor Anderson do Carmo. Rogério é casado, frequentava a mesma igreja da parlamentar e teve um caso extraconjugal com Simone no início do ano passado. O relacionamento teria durado cinco meses.
No depoimento, revelado pelo "SBT Rio", aos policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), Rogério informou também que em uma noite a ex-amante ligou para ele com muita raiva, explicando que, durante uma briga, Anderson tentou bater na filha dela.
O pastor teria sido impedido por Flordelis e pela própria Simone, que acabou levando um soco durante a briga. Na ligação, segundo Rogério, a filha biológica de Flordelis teria dito que iria “matar esse demônio (Anderson)” e que “ninguém aguentava mais”, inclusive a própria deputada federal.

Durante o depoimento, Rogério revelou também que teria se oferecido para fazer o serviço no lugar de Simone e, uma semana depois, ela contou para ele que teria conseguido um “brinquedo” para realizar o ato e informado Flordelis sobre o plano. Segundo ele, Simone contou que a deputada somente se calou quando soube que a filha queria matar o padastro.
Rogério disse também em depoimento que, após vídeos e fotos de conteúdos íntimos entre ele e Simone vazarem, ele começou a receber telefonemas com ameaças de morte. Segundo Rogério, nas ligações, a pessoa, de modo anônimo, falou que ele “havia mexido com a família errada”.
Ele também contou que o homem que o ameaçava ao telefone falava que o “patrão dele estava investindo R$ 200 mil na campanha de Flordelis, e que se o vídeo de Simone vazasse, iria atrapalhar a campanha”, revelou.
Rogério também contou que Simone, em um outro momento, teria desabafado e dito que Anderson era um ditador dentro de casa, chegando a controlar até mesmo o dinheiro de todos. Questionado se Flordelis sabia das tentativas de matar o pastor, Rogério informou, durante o depoimento, acreditar que sim.
Ontem, o jornal O Globo informou que, em um outro depoimento, uma das filhas adotivas da deputada federal teria afirmado que ofereceu R$ 10 mil a um irmão para que ele matasse o pastor Anderson do Carmo.
Segundo a publicação, Marzy Teixeira da Silva, de 35 anos, teria dito à Polícia Civil que o irmão aceitou a oferta, mas horas depois ela teria desistido da ideia e avisado o rapaz que o plano não seria realizado.

PASTOR AVISADO
A filha da parlamentar narrou ainda à polícia que o pai ficou sabendo que havia um plano para matá-lo e conversou individualmente com cada filho. Ele teria dito que iria grampear todos os telefones da família.

Lucas dos Santos de Souza, de 18 anos, é um dos presos pelo crime. Em depoimento à polícia, ele confirmou ter recebido proposta da irmã para matar o pai, mas diz que nunca chegou a aceitar o pedido. Ele foi denunciado pelo homicídio junto com Flávio dos Santos Rodrigues, de 38 anos, filho biológico de Flordelis com seu primeiro marido.
PESQUISA SOBRE CIANURETO



"O RJTV2" divulgou, ontem, que teve acesso ao depoimento de Simone
dos Santos Rodrigues, filha biológica da deputada Flordelis dos Santos de Souza. Segundo o telejornal da TV Globo, policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí questionaram o motivo da jovem ter feito buscas na internet para pesquisar sobre “cianeto” e “cianeto nos alimentos”.

O cianeto é um tipo de veneno. Segundo a delegacia, o depoimento de Simone ocorreu oito dias após a morte do pastor Anderson do Carmo, em 16 de junho. A Polícia Civil também investiga se a vítima, que foi assassinada a tiros, estaria sendo envenenado. Conforme as investigações, existe a suspeita de que os alimentos consumidos por ele estivessem sendo contaminados.

No depoimento, Simone confessou que tinha costume de ver séries investigativas e por ter ficado curiosa resolveu pesquisar sobre cianeto. Ela afirmou ainda ter feito a pesquisa para ajudar amiga que tem cachorro com tumor.

[size]



fonte:

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/08/5674645-filha-de-flordelis-falava-em----matar-esse-demonio.html#foto=1


[/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sex 23 Ago 2019, 5:08 pm



[size=44]Flordelis: plano para matar pastor foi elaborado em 2018[/size]

Após depoimentos dos filhos da deputada e de Anderson, investigadores concluem que assassinato foi arquitetado oito meses antes da execução, em junho passado


Rio - Os depoimentos dos filhos da deputada Flordelis dos Santos foram fundamentais para que investigadores da Polícia Civil concluíssem que o assassinato do pastor Anderson do Carmo, ocorrido em junho, estava sendo planejado desde outubro de 2018. Além disso, para a polícia, as contradições nos dois depoimentos oficiais da deputada apontam que ela pode ter participação no crime.
A discordância de Flordelis que mais chamou a atenção dos investigadores foi o relato do momento do crime. No primeiro depoimento, no dia 16 de junho, a deputada disse que “estava dormindo, quando foi acordada por barulhos de arma de fogo. Que, como mora perto de comunidade, não achou nada estranho, tendo voltado a dormir. Que alguns minutos depois, foi acordada por gritos de dentro da sua casa”. A informação foi veiculada pelo SBT Rio. Já no segundo depoimento, ocorrido oito dias depois, ela disse que, na hora do crime, estava conversando com um dos filhos, quando escutou seis tiros — versão que foi relatada também na coletiva de imprensa.
O DIA teve acesso aos depoimentos dos filhos de Flordelis. Kelly Cristina dos Santos relatou, no dia 24 de junho, que, no dia do crime, “todos que moravam na casa estavam muito tranquilos”, o que lhe causou estranheza. Kelly, que mora na Região dos Lagos, relatou que sabia que a irmã Marzi colocava remédio na comida de Anderson, e que ele consumia o medicamento sem ter conhecimento do que tomava, “fi cando letárgico e com muita falta de ar”. Flordelis costumava dizer, segundo Kelly, que “iria dar o remedinho para ele ficar calminho” e que “quando Anderson não estivesse mais ali, as coisas iriam melhorar”.
Ainda segundo Kelly, Flordelis dizia aos filhos que “todas as proibições ou coisas ruins que ocorriam eram culpa de Anderson”. Antes de os fi lhos prestarem depoimento, Flordelis fez uma reunião com eles, na igreja, e avisou que saberia todo o conteúdo através do advogado. “Isso é coação, não tem outra explicação”, afirma Angêlo Máximo, advogado da família do pastor.
Já Wagner Pimenta, o Misael, disse que recebeu um bilhete de Flordelis dizendo que ela “tinha jogado o celular de Anderson da Ponte Rio-Niterói”. Outro fi lho, Luan Santos, afirmou que, após o enterro, Flordelis disse: “Agora acabou”. E ofereceu todos os ternos do pastor para ele, além de uma passagem para os Estados Unidos. As irmãs Marzi, Simone e Lorraine, além da deputada, são apontadas em depoimentos como mentoras do crime. 

Deputada declara amor ao pastor
Em nota publicada no Facebook, Flordelis nega as acusações dos filhos. “O que ganhei com a morte do meu marido? Eu só perdi. Todos do nosso relacionamento sabem que estou falando a verdade”, escreveu, e voltou a se declarar: “Éramos mais que marido e mulher, éramos uma dupla”.
Ela acusa Misael de ter apagado informações do telefone do pastor. “Sobre o celular, por que Misael não contou que, no dia do velório, mandou um amigo da família ir lá em casa tirar o celular do carregador e levar pra ele e, quando o rapaz chegou até ele, Misael apagou um monte de coisas? Agora eu pergunto: Apagou o quê? E printou outras, depois fotografou, sem que o rapaz percebesse, devolvendo o celular para afirmar depois que me foi entregue”.
[size]
fonte: https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/08/5675002-flordelis--plano-para-matar-pastor-foi-elaborado-em-2018.html[/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sex 23 Ago 2019, 8:15 pm



[size=30]Casa de Flordelis tinha traição, troca de casais e relacionamento entre irmãos, revelam depoimentos[/size]

Depoimentos dados à polícia no inquérito que investiga a morte do pastor Anderson do Carmo, marido de Flordelis dos Santos, revelam episódios de traições, relacionamentos amorosos entre irmãos e até mesmo troca de casais dentro da família.
Uma das filhas adotivas de Flordelis, Erica dos Santos de Souza, em seu depoimento prestado no último dia 12, foi questionada pelos policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo se havia presenciado envolvimento entre as pessoas que moram na casa. Ela relatou que Adriano dos Santos, filho biológico apenas de Flordelis, se relacionou amorosamente com duas irmãs adotivas - Nylaine e Lorrana, quando já namorava com Marcele, sua atual esposa.
Erica também contou que Simone dos Santos, também filha biológica apenas de Flordelis, se envolveu com Alexandre Freire, que é filho adotivo. Simone, de acordo com depoimento de Maria Edna do Carmo, mãe do pastor Anderson, namorou, ainda no início dos anos 90, com o filho. Segundo relato de Edna, pouco tempo depois, Anderson “largou” Simone para ficar com Flordelis.
No depoimento dado à polícia, Erica também contou que dois irmãos adotivos - Iago e Francine - se envolveram, mas saíram da casa para assumir o relacionamento, “porque Anderson e Flordelis não permitiam esse comportamento dentro de casa”.
Além dos relacionamentos citados nos depoimentos, pelo menos outros dois casais já se formaram na família de Flordelis. Os pastores Carlor Ubiraci e Cristiane - ambos filhos adotivos de Flordelis - são casados e moram no terreno da casa da família, em Pendotiba. Eles fizeram uma construção anexa à residência, onde vivem. O casal tem uma filha biológica, Raquel, e uma adotiva, Rebeca. Eles também são considerados pais por Roberta de Souza, que foi acolhida por Flordelis em sua casa, ainda no Jacarezinho, mas quem a criou foi Carlos e Cristiane.
A própria Simone já foi casada com André Luiz de Oliveira, conhecido como Bigode, também filho adotivo. Juntos, tiveram três filhos biológicos - Lorrane, Ramon e Rafaela. Eles já estão separados há dez anos. O casal também criou como filha Raiane, a primeira criança pega por Flordelis para criar. De acordo com os relatos da pastora, Raiane foi encontrada numa lixeira na Central do Brasil.
Erica foi a última filha a prestar depoimento para a DH. Ela compareceu espontaneamente na delegacia para dar seu relato sobre o caso.

https://m.extra.globo.com/casos-de-policia/casa-de-flordelis-tinha-traicao-troca-de-casais-relacionamento-entre-irmaos-revelam-depoimentos-23898798.html
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 26 Ago 2019, 11:35 am



[size=44]Pastor Anderson sabia de plano para matá-lo[/size]

Relatório do Ministério Público revela que o marido de Flordelis havia descoberto trama orquestrada por filhos para assassiná-lo


Rio - O relatório do Mistério Público do Rio (MP-RJ) sobre o caso Flordelis, obtido pelo O DIA, revela que Anderson do Carmo descobriu que havia um plano elaborado por filhos para matá-lo e, por isso, chegou a ameaçar grampear celulares da família. O pastor foi morto na garagem onde morava com a deputada federal Flordelis (PSD) e seus 30 filhos adotivos, na madrugada do dia 16 de junho, em Pendotiba, na Região Oceânica de Niterói. 
De acordo com o documento do MP, o marido da deputada teria descoberto que Marzy, uma das filhas adotivas do casal, teria oferecido R$ 10 mil para Lucas, também filho do casal que já está preso, por sua morte. A quantia seria furtada da mochila usada pela própria vítima, que tinha por hábito guardar dinheiro em espécie. "Declarou ainda que Flordelis teve o conhecimento da proposta feita a Lucas. Informou ainda que Anderson, ao saber de sua conversa com Lucas, disse que 'grampearia' todos os telefones da casa", revela o relatório. 
Nova contradição de Flordelis

Depoimento de uma das médicas plantonistas que prestou atendimento a Anderson no Hospital Niterói D'Or, no dia do assassinato, confirma mais uma contradição de Flordelis. Segundo ela, a viúva disse que um carro, de cor prata, estava parado na porta da sua casa. A informação vai de encontro às imagens de câmeras de segurança da rua, onde não há algum veículo com essas características, conforme conclusão do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do MP. 
Ainda de acordo com a fala da médica na delegacia, naquele dia, Flordelis chegou à unidade de saúde, após o Anderson já ter dado entrada na emergência. Passando mal, a parlamentar teria feito questão de contar que passou o dia em casa com o marido e os filhos, fez almoço e só saiu da residência à noite, por insistência do pastor, para comemorar o Dia dos Namorados. Contudo, o relato da viúva é diferente do depoimento dela na Divisão de Homicídios de Niterói (DHNISG). 
Mentores intelectuais
O documento faz parte da primeira fase das investigações do Ministério Público e já foi enviado ao Tribunal de Justiça. Até o momento, Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas dos Santos são os únicos indiciados por homicídio qualificado. Para o promotor Sérgio Lopes, do Gaeco, não há nenhuma dúvida de que existem autores intelectuais e outros executores por trás do assassinato de Anderson do Carmo, que foi encontrado com 30 perfurações em seu corpo.
A Divisão de Homicídios de Niterói instaurou um segundo inquérito para apurar a participação de outras pessoas na morte do líder religioso. A conclusão do promotor reafirma a declaração da delegada Bárbara Lomba, titular da especializada, de que todos que estavam na casa no momento do crime, incluindo a deputada Flordelis, podem estar envolvidos.
fonte:

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/08/5675646-pastor-anderson-sabia-de-plano-para-mata-lo.html
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Ter 27 Ago 2019, 6:05 pm



[size=44]Flordelis e filha mantinham celulares secretos para enganar pastor[/size]

Para evitar grampo no telefone prometido por Anderson, Marzy diz que comprou chip para tramar morte com irmão e falar em segredo com número sigiloso da deputada


Rio - Marzy Teixeira, filha de consideração da deputada federal Flordelis dos Santos, revelou à polícia que ela e a mãe se comunicavam através de celulares secretos. As linhas, segundo Marzy contou à polícia, foram utilizadas, durante duas semanas de janeiro, para tramar com Lucas dos Santos a morte do pastor Anderson do Carmo, com conhecimento da parlamentar. Lucas, assim como Flávio dos Santos, está preso pelo assassinato do pastor, ocorrido no dia 16 de junho.
Em seu depoimento, realizado no dia 24 de junho, Marzy explicou os motivos que a fizeram encomendar a morte do seu pai adotivo: o fator financeiro, já que Anderson não dava mais dinheiro para ela; e um suposto abuso sexual cometido contra uma de suas irmãs, que era menor de idade. No entanto, ela teria cancelado todo o plano, o que teria deixado Lucas contrariado, já que ele queria o dinheiro.
Plano descoberto
Anderson, entretanto, descobriu a trama e ameaçou grampear os telefones da residência. Para evitar que as conversas fossem monitoradas pelo pastor, nessa ocasião, Marzy diz que comprou um chip e Flordelis comprou um celular com outro chip, por onde elas conversavam em sigilo. Ao ser indagada pela polícia se a deputada sabia do plano, Marzy disse que “Flordelis apenas disse que não tinha dinheiro e que alertou a declarante que não fizesse nada que se arrependesse”. Procurada, Flordelis não foi encontrada.


Bom relacionamento

Marzy relatou, ainda, que já chegou a ter uma boa relação com o pastor. Ela foi morar na casa de Flordelis em 2007, aos 25 anos, após ser convidada pelo próprio Anderson, após um culto. Na época, não possuía emprego ou residência fixa e foi bem recebida por Flordelis, a quem “sempre gostou de ajudar e agradar”. A situação teria mudado após ela cometer um furto, em 2012.

Na ocasião, segundo ela conta, teve conhecimento de onde o dinheiro da igreja era guardado e pegou a quantia de R$ 5 mil, gastos com um telefone, cosmético e bijuterias. Quando Anderson e Flordelis descobriram, mudaram a forma de tratamento. “Alega que tanto Anderson quanto Flordelis pararam de falar com a declarante. Que somente após muito tempo teve uma conversa com sua mãe e voltaram a falar normal. Apesar de ter voltado a falar com Anderson, a relação que alegou ser boa anteriormente, não existia mais”, diz trecho do depoimento.

Envenenamento

O relacionamento de Marzy com o pastor azedou de vez quando ela soube de uma tentativa de abuso sexual de Anderson contra uma irmã, também adotada. Segundo ela, foi Flordelis quem revelou o caso.
Desde então, Marzy conta que passou a colocar doses extras de remédios prescritos por psiquiatra na comida do pastor, sem o conhecimento dele. “Anderson era uma pessoa agressiva com os filhos”, disse Marzy, admitindo colocar ansiolíticos, como rivotril, para dopá-lo. 

Marzy afirmou que, desde o episódio do furto, somado ao tratamento dado a outros filhos, passou a desenvolver “ódio de Anderson”, o que aumentou com restrições financeiras. “Alguns cursos eram pagos pela igreja e Anderson proibia a declarante de ser beneficiada, de subir de cargo ministerial, e que excluía a declarante da convivência, ainda que profissional, com pessoas importantes dentro da igreja”, relatou à polícia. 

Pastora queria libertar filho
Ex-esposa de Flávio dos Santos, Tatiana das Graças revelou em depoimento à Polícia Civil que a deputada federal Flordelis (PSD) fez pedido para que ela retirasse queixa de ameaça contra o filho. A acusação foi o que motivou a primeira prisão de Flávio, um dos filhos biológicos da pastora, logo após o enterro de Anderson do Carmo, no dia 17 de junho.
De acordo com o relato de Tatiana, a deputada federal entrou em contato usando o celular de Simone dos Santos, irmã biológica de Flávio, para pedir ajuda. “Flordelis disse: Ajuda o meu filho. Eu preciso muito dele aqui agora. Eu sei que não deveria estar pedindo isto a você, por tudo que ele lhe fez, mas eu preciso dele nesse momento”, relatou a vítima, em depoimento à Delegacia de Homicídios de Niterói. 
O mandado de prisão por ameaça contra o filho da deputada foi expedido em abril, após ele ter jurado de morte Tatiana e o seu atual companheiro. Segundo o documento, Flávio chegou a enviar fotos de uma arma e munições para a ex-mulher. Antes disso, no ano passado, ele teria a agredido. 
[size]
fonte: https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/08/5676195-flordelis-e-filha-mantinham-celulares-secretos-para-enganar-pastor.html#foto=1
[/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Sex 30 Ago 2019, 11:40 am



[size=44]Seis filhos de Flordelis apontaram a deputada como mentora do assassinato de pastor[/size]

Afirmação é de um filho de Flordelis em depoimento


Rio - Um dos filhos da deputada Flordelis dos Santos, que pediu para não se identificar, afirmou, ontem, que seis filhos que comprometeram a parlamentar como mentora do assassinato do pastor Anderson do Carmo conseguiram empregos, através do vereador Wagner Pimenta, o Misael da Flordelis (MDB), de São Gonçalo. Em seu depoimento, Misael, que também é filho da deputada, disse que a mãe foi a “mentora intelectual” da morte do pai.
O relato foi dado por ele dois dias após o crime, ocorrido no dia 16 de junho. Além disso, Misael garantiu que Flordelis contou ter quebrado o celular do pastor e atirado o aparelho da Ponte Rio-Niterói. Os celulares da deputada, da vítima e de Flávio dos Santos, um dos filhos preso pelo assassinato, nunca foram encontrados.
Segundo a denúncia, as nomeações em cargos comissionados na Prefeitura de São Gonçalo ocorreram 15 dias após os depoimentos que comprometeram a parlamentar. Em nota, a assessoria de Misael disse que, das sete testemunhas que “acreditam no envolvimento de Flordelis no crime”, apenas duas trabalham com o vereador: Daniel, que está no gabinete desde 2017, e Luan, que trabalhou no gabinete em 2017 e retornou, em julho.

A reportagem apurou que há nomeações em cargos comissionados de outros filhos da deputada na Prefeitura de São Gonçalo, mas sem relação direta com Misael.

fonte:

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/08/5677094-flordelis--nova-guerra-de-versoes.html
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qui 05 Set 2019, 2:11 pm



[size=30]‘Família do pastor acredita que Flordelis foi mandante do crime’, diz advogado[/size]

A mãe e a irmã do pastor Anderson do Carmo, assassinado a tiros em junho deste ano, entraram com um pedido na 3ª Vara Criminal de Niterói pedindo para virarem assistentes de acusação no processo no qual dois filhos da deputada federal Flordelis dos Santos são réus pelo crime. A solicitação foi feita no último dia 19, mas ainda não houve decisão judicial. O Ministério Público estadual deu um parecer na última segunda-feira afirmando que não se opõe à solicitação.


O advogado de Maria Edna do Carmo, mãe do pastor, e Michele do Carmo, irmã, afirma que a família acredita no envolvimento de Flordelis no crime e quer colaborar com o processo. De acordo com Angelo Máximo, os familiares de também pretendem se habilitar como assistentes de acusação após a finalização do segundo inquérito do caso, no qual a deputada federal está sendo investigada.
- A família não teve oportunidade de colaborar com a investigação da Polícia Civil, então quer colaborar com a instrução criminal (do processo). Aguardamos também a conclusão desse segundo inquérito para novamente pedirmos para atuar como assistentes de acusação. A família acredita que Flordelis foi mandante do crime, conforme depoimentos prestados pelos próprios filhos dela, e que será indiciada - afirma o advogado.
Ao menos quatro filhos de Flordelis prestaram depoimentos nos quais afirmaram acreditar na participação da deputada federal no crime. Um deles, Wagner Andrade Pimenta, conhecido como Misael, disse que a mãe foi a “mentora intelectual” do assassinato. Há ainda relatos dos filhos acusando Flordelis de tentar envenenar Anderson. Em seu depoimento à polícia, a mãe do pastor, Maria Edna, também disse que Flordelis está envolvida no crime.
O assistente de acusação atua, por meio de seu advogado, auxiliando o MP no processo criminal. Entre as ações possíveis está o pedido de proução de provas, solicitar realização de perícia e elaborar perguntas para serem feitas às testemunhas.
Dois filhos de Flordelis - Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza - são acusados da morte de Anderson. Em seu depoimento, Edna afirmou que acredita não só na participação de Flordelis, mas também de Flávio, Simone (filha da deputada) e de Lorraine (filha de Simone) na morte de Anderson. De acordo com o relato, um dos filhos de Flordelis contou a Edna que a pastora determinava que remédios fossem colocados na comida de Anderson e havia reuniões na casa da família para sondar como o pastor poderia ser morto, já que o medicamento não estava fazendo o efeito esperado.
Na entrevista concedida por Flordelis à imprensa no dia 25 de junho, a deputada federal foi questionada sobre o fato de Maria Edna ter contratado um advogado para acompanhar as investigações da morte de Anderson, o que ocorreu poucos dias após o crime. Na ocasião, ela alegou desconhecer o fato e afirmou que mantinha um bom relacionamento com a sogra.
- Eu e minha sogra temos uma afinidade muito grande. Não acredito que minha sofra tomaria essa atitude sem falar nada comigo - afirmou.
Em entrevista ao EXTRA no dia 21 de julho, Maria Edna afirmou que não foi procurada por Flordelis após o crime.
- Estou magoada e muito chateada. Ajudei demais essa mulher (Flordelis) quando ainda vivíamos no Jacarezinho. Agora, ela não me ofereceu ajuda nenhuma. Não se preocupou comigo. Acabaram com a minha vida, tiraram meu filho de mim. Foi um baque muito forte. Meu coração está partido. Quero Justiça - afirmou ela à época.
Sobre o caso, a assessoria da deputada Flordelis enviou a seguinte nota: "A deputada está cansada desse comportamento oportunista de gente que usa a dor dela para se autopromover. Ao final, quando restar provada a inocência dela, essas pessoas serão chamadas a responder pelas opiniões e acusações".
O pastor Anderson do Carmo foi morto a tiros na madrugada do dia 16 de junho, dentro da casa da família, em Pendotiba, Niterói. Dois meses após o crime, a DH de Niterói concluiu a primeira fase das investigações e indiciou dois filhos de Flordelis - Flávio dos Santos e Lucas Cézar dos Santos - pelo crime. A delegacia abriu outra investigação para continuar apurando o envolvimento de outras pessoas no crime, entre elas Flordelis.

fonte:

https://extra.globo.com/casos-de-policia/familia-do-pastor-acredita-que-flordelis-foi-mandante-do-crime-diz-advogado-23927507.html
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Dom 22 Set 2019, 12:05 pm



[size=44]Reconstituição da morte do pastor Anderson do Carmo teve presença de Flordelis e 9 tiros[/size]

Delegada responsável pelo caso viu contradições entre os depoimentos anteriores com o que foi apontado no local do crime


Rio - A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) realizou, da noite deste sábado à madrugada de hoje, a reprodução simulada da morte do pastor Anderson do Casoque aconteceu no dia 16 de junho. O trabalho dos policiais civis durou cerca de seis horas, contou com a presença da deputada federal Flordelis (PSD) e de mais outras 13 pessoas.
A reconstituição começou por  volta das 22h com Lucas de Souza, filho adotado do casal, suspeito de conseguir a arma do crime. Ao ser levado à frente da casa da família, no entanto, ele se recusou a participar da reprodução simulada.
Apontado como o autor dos disparos, Flávio Rodrigues, filho biológico de Flordelis, esteve na cena do crime, mas também não quis participar da reconstituição.

Durante a reprodução simulada, nove tiros foram disparados para saber de qual parte da casa do pastor e da deputada dava para ouvir os disparos daquela noite. Os policiais também procuram saber se houve a participação de um segundo atirador no crime.

Ao fim dos trabalhos, a titular da DHNSGI, a delegada Bárbara Lomba, apontou contradições entre os depoimentos dados na especializada com a reprodução simulada feita no local. O relatório da reconstituição deve ficar pronto em até 30 dias.
[size]

fonte: https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/09/5683781-reconstituicao-da-morte-do-pastor-anderson-do-carmo-teve-presenca-de-flordelis-e-9-tiros.html#foto=1[/size]
EVANGELISTA/RJ/MSN
EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6384
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mistério da morte do marido da cantora Flordelis Empty Re: O mistério da morte do marido da cantora Flordelis

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum