.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» Consequências da Reeleição
Ontem à(s) 3:42 pm por EVANGELISTA/RJ/MSN

» Céticos afirmam que Óvnis são descritos na Bíblia
Dom 10 Jun 2018, 4:22 pm por rbarros

» Noticiário Escatológico
Dom 10 Jun 2018, 4:30 am por Jarbas

» Debate sobre aborto - tópico oficial
Ter 05 Jun 2018, 12:59 pm por Criaturo

» Jesus está às portas
Seg 28 Maio 2018, 3:10 pm por Jarbas

» Inferno e a teoria de Aldous Huxley
Seg 28 Maio 2018, 10:19 am por Zigurd

» Fórum Adventista no Facebook
Seg 28 Maio 2018, 7:07 am por Homini

» Análise de João 10:30 - A Unidade e o Nome de Deus.
Sex 25 Maio 2018, 11:26 am por Zigurd

» O que é idolatria?
Qui 17 Maio 2018, 1:17 am por Cartman

Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10


Cartilha aprovada pelo MEC ensina português errado pra crianças, para "incluir" os ignorantes.

Ir em baixo

n?o acredito! Cartilha aprovada pelo MEC ensina português errado pra crianças, para "incluir" os ignorantes.

Mensagem por Karla Cristina em Qui 26 Maio 2011, 3:42 am

Cartilha aprovada pelo MEC ensina português errado pra crianças, para "incluir" os ignorantes.

Sendo assim, pra que serve a educação? Talvez as escolas ainda existam nesse governo pra ensinar nossas crianças a enaltecer o trabalho de Lula e demonizar FHC.

Vejam com seus próprios olhos o capítulo em questão do livro "Por uma Vida Melhor", distribuído para 4.236 escolas do país. Ele já começa com a seguinte pérola:
A classe dominante utiliza a norma culta principalmente por ter maior acesso à escolaridade e por seu uso ser um sinal de prestígio. Nesse sentido, é comum que se atribua um preconceito social em relação à variante popular, usada pela maioria dos brasileiros.

Agora temos luta de classes dentro da própria língua! Falar correto é coisa de burguês, e não algo a ser almejado por TODOS. O que esse "confronto de classes" lhes lembra? A droga do Marxismo, claro. Todas as tradições são demolidas, todas as autoridades são questionadas a ponto de perderem o valor (PAIS, família, professores, e até mesmo o judiciário). Os professores e a língua devem se curvar a qualquer um que surja com um modo específico de falar, e não é difícil imaginar que futuramente veremos nos próximos livros do MEC as frases "TODOS CHORA", "CORRAO" e "COMOFAS?" como exemplo de norma popular. Duvidam? Então tomemos o exemplo de concordância do capítulo em questão:

Os livro ilustrado mais interessante estão emprestado

Você pode estar se perguntando: “Mas eu posso falar ‘os livro?’.”
Claro que pode. Mas fique atento porque, dependendo da situação, você corre o risco de ser vítima de preconceito linguístico. Muita gente diz o que se deve e o que não se deve falar e escrever, tomando as regras estabelecidas para a norma culta como padrão de correção de todas as formas linguísticas. O falante, portanto, tem de ser capaz de usar a variante adequada da língua para cada ocasião.

E não termina por aí:
Na variedade popular, contudo, é comum a concordância funcionar de outra forma. Há ocorrências como:

Nós pega o peixe.

Os menino pega o peixe.


Nos dois exemplos, apesar de o verbo estar no singular, quem ouve a frase sabe que há mais de uma pessoa envolvida na ação de pegar o peixe. Mais uma vez, é importante que o falante de português domine as duas variedades e escolha a que julgar adequada à sua situação de fala.

É pra fuder com a cabeça de quem vai pra escola pra aprender ou não é? Qual o sentido da escola? Melhor ensinar os filhos em casa!

Segundo o MEC, o livro está em acordo com os PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais) - normas a serem seguidas por todas as escolas e livros didáticos.
"A escola precisa livrar-se de alguns mitos: o de que existe uma única forma 'certa' de falar, a que parece com a escrita; e o de que a escrita é o espelho da fala", afirma o texto dos PCNs.

O linguista Evanildo Bechara, da Academia Brasileira de Letras, critica os PCNs:
"Se um indivíduo vai para a escola, é porque busca ascensão social. E isso demanda da escola que lhe ensine novas formas de pensar, agir e falar".

O Prof. Pasquale Neto alerta para o risco de exageros:
"Uma coisa é manifestar preconceito contra quem quer que seja por causa da expressão que ela usa. Mas isso não quer dizer que qualquer variedade da língua é adequada a qualquer situação."

Ora, se a pessoa manda seu filho para escola, não é só pra ganhar o bolsa familia não (embora muita gente só pense nisso). Se a pessoa PRECISA ter nível primário, médio e superior para almejar certos cargos (ironicamente presidente não é um deles), então é preciso EDUCAR apropriadamente. Se relaxarmos no trabalho de base das crianças, o que esperar dos adultos? "Os menino", em vez de exceção, vai virar norma. E aí teremos de mudar a norma pra se adequar a um nivel de estupidez crescente? "Preconceito linguistico" foi a coisa mais idiota que já li esse ano (e olha que foi um ano cheio de idiotices). Se a pessoa não teve oportunidade de estudo pode falar "probrema", "tauba" ou "os menino" que quiser. Corrigir uma pessoa de idade por causa disso é humilhante. Agora, um menino que sai da escola falando assim? Merece um cascudo, não só ele como o MEC e esse governo corrupto que acha que educação (ou ética) é uma coisa menor num país cheio de "pobrema". Num é, cumpanhero?


http://www.saindodamatrix.com.br/
avatar
Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

n?o acredito! Re: Cartilha aprovada pelo MEC ensina português errado pra crianças, para "incluir" os ignorantes.

Mensagem por Ed em Qui 26 Maio 2011, 5:33 am

MEC Movimento de Enrolação de Concordância... (Educação de beira de rio)

Bão,

Agora vou pescá os pexe sinão fico sem tê o qui cumê...


Viva a cultura brasileira!


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3721 dias de existência com 233445 mensagens
avatar
Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11073
Idade : 66
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

n?o acredito! Re: Cartilha aprovada pelo MEC ensina português errado pra crianças, para "incluir" os ignorantes.

Mensagem por oliveira leite em Qui 26 Maio 2011, 7:58 am

a literatura recomendada:
gibi do zé bento japinha
avatar
oliveira leite
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 6552
Idade : 52
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

n?o acredito! Re: Cartilha aprovada pelo MEC ensina português errado pra crianças, para "incluir" os ignorantes.

Mensagem por Karla Cristina em Qui 26 Maio 2011, 8:18 am

oliveira leite escreveu:a literatura recomendada:
gibi do zé bento japinha

gargalhada
avatar
Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

n?o acredito! Re: Cartilha aprovada pelo MEC ensina português errado pra crianças, para "incluir" os ignorantes.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum