.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» Consequências da Reeleição
Hoje à(s) 3:42 pm por EVANGELISTA/RJ/MSN

» Céticos afirmam que Óvnis são descritos na Bíblia
Dom 10 Jun 2018, 4:22 pm por rbarros

» Noticiário Escatológico
Dom 10 Jun 2018, 4:30 am por Jarbas

» Debate sobre aborto - tópico oficial
Ter 05 Jun 2018, 12:59 pm por Criaturo

» Jesus está às portas
Seg 28 Maio 2018, 3:10 pm por Jarbas

» Inferno e a teoria de Aldous Huxley
Seg 28 Maio 2018, 10:19 am por Zigurd

» Fórum Adventista no Facebook
Seg 28 Maio 2018, 7:07 am por Homini

» Análise de João 10:30 - A Unidade e o Nome de Deus.
Sex 25 Maio 2018, 11:26 am por Zigurd

» O que é idolatria?
Qui 17 Maio 2018, 1:17 am por Cartman

Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10


As mutações do ateísmo

Ir em baixo

As mutações do ateísmo

Mensagem por Crysis em Ter 20 Nov 2012, 11:35 pm

O materialismo e a negação de Deus


Por Norma Braga

O filósofo francês Jean-Paul Sartre defendia o ateísmo, mas não escondia sua aridez. E reconheceu isso ao confessar (cremos que com algum orgulho) a dificuldade que sofre aqueles que desejam rejeitar todo sentimento do absoluto. Afirmava que o ateísmo é “a convicção de que o homem é um criador, mas está abandonado, sozinho no mundo” e “no seu sentido mais profundo, em desespero”.

O ateu, para o filósofo, era como o cavaleiro solitário a pregar a esperança, apesar de toda a ausência de garantias. Esse discurso ainda sobrevive e dá muito ibope entre os teóricos modernos. Mas perguntamos: “Quem é o ateu ‘puro’, principalmente no Brasil, terra das religiosidades várias e pululantes?”.

Hoje, em uma época de poucos aspirantes a heróis solitários e de certa obsessão pelo conforto, sobretudo espiritual, o ateísmo e sua negação de Deus parecem ser tendências menos populares do que aquelas que procuram
diminuir Deus, sob vários aspectos, segundo cada corrente:

Processo de subversão
1.Humanizar Deus para depois se declarar “seu inimigo” .
[center]2.Retirar de Deus atributos inerentes à sua natureza, como, por exemplo,soberania e presciência.
3.Reduzir Deus a uma “força” impessoal pronta para ser utilizada
.


Grupo
1.satanistas
2.liberalismo teológico, teísmo aberto ou relacional
3.esoterismo, paganismo, “paulocoelhismos” em geral


avatar
Crysis
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 58
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum