.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» É TAÇA NA RAÇA!
Sex 22 Jun 2018, 6:15 pm por rbarros

» Consequências da Reeleição
Qui 21 Jun 2018, 6:02 pm por EVANGELISTA/RJ/MSN

» Céticos afirmam que Óvnis são descritos na Bíblia
Dom 10 Jun 2018, 4:22 pm por rbarros

» Noticiário Escatológico
Dom 10 Jun 2018, 4:30 am por Jarbas

» Debate sobre aborto - tópico oficial
Ter 05 Jun 2018, 12:59 pm por Criaturo

» Jesus está às portas
Seg 28 Maio 2018, 3:10 pm por Jarbas

» Inferno e a teoria de Aldous Huxley
Seg 28 Maio 2018, 10:19 am por Zigurd

» Fórum Adventista no Facebook
Seg 28 Maio 2018, 7:07 am por Homini

» Análise de João 10:30 - A Unidade e o Nome de Deus.
Sex 25 Maio 2018, 11:26 am por Zigurd

Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10


Assembleia de Deus quer criar um partido político

Ir em baixo

Leitura Assembleia de Deus quer criar um partido político

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 10 Set 2014, 9:48 am



Convenção das Assembleias de Deus organiza coleta de assinaturas para criar partido político próprio

Ciente do potencial de seu capital político, a Assembleia de Deus está articulando a criação de um partido próprio para abrigar os líderes evangélicos que já tenham carreira política e os que aspirem mandatos eletivos.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) é quem está à frente do projeto, a fim de dar legitimidade e união às diversas correntes políticas que existem nos variados ministérios assembleianos.

O processo de coleta de assinaturas já foi iniciado, e o responsável por conduzir o projeto é o pastor Lélis Marinho, coordenador do Conselho Político da CGADB.

Existe um pensamento em nos concentrarmos em um único partido, para que a nossa ação seja mais direcionada e eficaz. Como a lei eleitoral cria restrições para a migração de partido, as assinaturas para se criar uma nova sigla estão sendo providenciadas”, disse Marinho, de acordo com informações do jornal Valor Econômico.

O pastor destacou ainda que apesar de Marina Silva (PSB) ser uma missionária assembleiana, ela não acatou prontamente as demandas apresentadas pela CGADB, dando mostras de que valorizará o cumprimento de propostas contidas em seu programa de governo.

Vejo a ascensão de Marina como um avanço. É uma possibilidade de diálogo com o governo dentro de outro ponto de vista, mas com ela ainda estamos estabelecendo um diálogo. É curioso, mas temos que buscar interlocução com uma de nossas seguidoras. Ela não assumiu compromissos”, pontuou Marinho, antes de ponderar que muito provavelmente a candidata terá o voto dos fiéis da denominação: “A tendência do voto assembleano ir para ela é completamente natural. Somos a favor do Estado laico, mas um governante precisa ser alguém que tema a Deus. A falta de crença faz toda a diferença”, concluiu o pastor.

Em todo o Brasil, a Assembleia de Deus congrega diversos pastores que tentam a carreira política e muitos acabam eleitos, como é o caso do pastores Marco Feliciano (PSC-SP) e Eurico (PSB-PE), que são os sacerdotes pentecostais eleitos deputados federais que tivera maior repercussão na mídia no último ano.


fonte

http://noticias.gospelmais.com.br/convencao-assembleias-deus-criar-partido-70986.html
avatar
EVANGELISTA/RJ/MSN
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6220
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum